Centenário da nossa Congregação

Também no Congo foi celebrado o Centenário de fundação das Filhas de São Paulo. Muitos eventos foram realizados com espírito de gratidão: a celebração eucarística coma participação de 5 bispos e 45 sacerdotes, a renovação dos votos de 5 junioristas de Kinshasa, a apresentação de uma escultura comemorativa que as irmãs congolesas quiseram dedicar às primeiras missionárias que chegaram ao Congo: ir. Basilia Bianco, ir. Giuseppa Panarello, ir. Veronica Kovalski, ir. Céline Gendron, ir. Enzina Epifania, ir. Elisea Scarpa e ir. Concetta Motos.
 
A escultura é formatada pelo Tam Tam, meio ancestral de comunicação, pelo logo do Centenário, por um moderno tablet com os nomes das irmãs, pela antena em forma de cruz.